quarta-feira, 12 de março de 2008

APRESENTAÇÃO


Quando o homem aprendeu a cozinhar os alimentos surgiu uma grande diferença entre eles e os outros animais.
Cozinhando, descobriu que podia restaurar o calor dos alimentos e, que lhes empregando calor iria tirá-los muito mais sabor, odor, modificando texturas e dando-lhes mais tempo de vida. Surgia então uma das primeiras técnicas de conservação.
O fogo sempre foi associado à magia,
cultuado, temido, significado de paixão em sua chama, enfim...na gastronomia isso não é diferente! Entrar em uma cozinha industrial e ver os cozinheiros em seus frenéticos balés das caçarolas que muitas vezes flamejantes assustam os novatos, é realmente ter a noção de que não se pode pensar em uma comida sem essa " paixão".
Comida, cozinha, cozinhar também lembra união, contraternização, amor. Quem não tem a lembrança, seja ela boa ou nem tanto, de um bolo da avó, pudim da tia, macarronada da mãe...e os aromas que lembram a infância? Qual a primeira ligação do filho com a mãe senão a primeira e emocionante mamada? E a ceia de Natal? O bacalhau da páscoa?
Sempre e pra sempre iremos celebrar a vida com um prato de comida, cozinhando para os amigos, namorado, filhos, conversando no pé do fogão enquanto se espera o resultado daquele frigir que vem da panela...
Enfim...temos muito a dizer sobre os alimentos, os aromas os sabores porque isso tudo mexe com nossos 5 sentidos! Olhamos, salivamos, cheiramos, tocamos nossos garfos, os pães para levá-los à boca, saboreamos e quando percebemos que a audição ficaria de fora...Tim Tim...brindamos!!!!
Aqui neste blog, teremos a chance de entrar em contato com receitas, muitas criadas por mim, e ingredientes de todo o mundo.
BON APÉTTIT

2 comentários:

Mariana disse...

precisava ser a primeira a comentar! Adorei! beijos

Renata disse...

Estou muito orgulhosa!! A própósito... o que é REFOGAR? te amo